Primeiros mártires salesianos, mortos pelos comunistas: São Luis Versiglia e São Calisto Caravario

São Luis Versiglia e São Calisto Caravario, mártires

Primeiros mártires salesianos, mortos pelos comunistas: São Luis Versiglia e São Calisto Caravario
Luís Versiglia nasceu no 5 de junho de 1873, em Oliva Gessi, Pádua, Lombardia, Itália em 1873. Aos 12 anos foi estudar para Valdocco. O ambiente intensamente religioso, o entusiasmo missionário e o fascínio e a santidade de Dom Bosco, já nos seus últimos anos de vida, transformaram a postura do rapaz. De Dom Bosco ouviu um dia: “Vem ter comigo, tenho uma coisa para te dizer”.
Este encontro nunca chegou-se a dar, porque Dom Bosco faleceu entretanto. Mas Luís foi conquistado da mesma maneira e, no fim dos estudos, pediu para “ficar com Dom Bosco”. Nutria no coração a secreta esperança de partir um dia como missionário. Fez os estudos de filosofia e teologia em Roma. Ao mesmo tempo mantinha uma importante atividade pastoral no oratório do Sagrado Coração, junto à estação Termini de Roma. Foi Ordenado Sacerdote Salesiano em 21 de dezembro de 1895.

Tornou-se depois professor e assistente dos noviços em Foglizzo, perto de Turim. Foi sempre um eficaz formador de personalidades, cordial e bom amigo de todos.

Em 1906 ele liderou a primeira expedição missionária salesiana à China, preenchendo uma profecia de Don Bosco. Logo estabeleceu a casa Matriz em Macau.

Indicado Vigário Apostólico em Shiu Chow e Bispo titular de Carystus em 22 de abril de 1920. Em 1929, Mons. Versiglia ordenou como padre o salesiano Calisto Caravario. Este nascera em Cuorgnè, junto de Turim. Também ele estudou em Valdocco. Em 1922 encontrou-se com Mons. Versilgia e prometeu-lhe: “Segui-lo-ei até à China”.

E assim foi. A 23 de Fevereiro de 1930, Don Versiglia e Don Caravario e 5 outros todos jovens, partiram juntos para uma longa viagem apostólica, em visita a uma pequena comunidade cristã em Lin Chow (Li Tau Tseu).

Mas, dois dias depois, encontraram juntos a morte às mãos de bandidos comunistas. Foram mortos por ódio à Fé católica, por serem missionários católicos que pregavam o evangelho de Jesus Cristo e também por terem defendido algumas jovens catequistas que viajavam com eles e que os bandidos queriam reduzir à escravatura.

São portanto os primeiros mártires salesianos Mons. Luís Versiglia e Calisto Caravário. Ambos foram alunos da casa mãe de Valdocco.

O Papa João Paulo II declarou-os santos em Roma a 1 de Outubro do ano 2000.

A sua festa celebra-se a 25 de fevereiro data de seus martírios, também no dia 13 de novembro que é o dia que a comunidade salesiana celebra a Missa para os benfeitores mortos da Família Salesiana e no dia 28 de setembro, junto com os demais mártires da China.

Ver também este sonho de São João Bosco referindo-se ao comunismo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: